BLOGCIÊNCIA

ADVERTORIAL

ADVERTORIAL

Combinação natural é capaz de reduzir o açúcar no sangue e prolongar a vida

Doença crônica marcada por aumento da sede, vontade de urinar frequente, fome, cansaço e visão turva pode ter impacto significativo na qualidade de vida e já afeta mais de 2 milhões de pessoas no Brasil

Por Rafael Cursio em 12/01/21

A diabetes tipo 2 corresponde a 90% dos casos de diabetes no Brasil. Aparece em adultos, geralmente obesos, sedentários e com histórico da doença na família. Esse tipo de diabetes está aumentando a sua incidência em todo o mundo, devido, principalmente, à má alimentação e ao aumento da obesidade.

Fonte: Federação Internacional de Diabetes (IDF) e Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

Segundo o Endocrinologista, Dr. Pedro Pinheiro, nos últimos 30 anos os casos da doença aumentaram em mais de 100%.

“O diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é a forma de diabetes mais comum, acometendo mais de 387 milhões de pessoas em todo o planeta.”
Relata, o Dr, com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN).

Sendo assim, é importante entender a doença, os fatores de risco e o que fazer para evitá-la. 

Entendendo a doença

Neste tipo de diabetes há presença de insulina (Hormônio responsável pela regulação, ou redução, da taxa de glicose (açúcar) do sangue no organismo, porém sua ação é complicada pela obesidade, o que é conhecido como resistência insulínica, fazendo com que as células não consigam captar a glicose que circula no sangue. 

Uma boa parte da população convive com a diabetes e não sabe, o que contribui para danos mais severos ao organismo.

Número de brasileiros com diabetes aumentou. Fonte: Veja Saúde.

Fatores de Risco

O excesso de peso é o principal fator de risco para a diabetes tipo 2, e como o corpo armazena a gordura corporal também deve ser levado em conta.
 
Por exemplo, pessoas com acúmulo de gordura abdominal apresentam maior risco de desenvolver diabetes, pois este acúmulo gera um processo inflamatório que aumenta a resistência à ação da insulina nas células do corpo.
 

Outro importante ponto que devemos destacar quando o assunto é a diabetes tipo 2, é que ela é um grande fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

A diabetes é uma doença complexa, mas quem convive com o problema pode levar uma vida normal e ativa. 

Excesso de peso é o principal fator de risco.

O acompanhamento médico é de suma importância para o controle dos níveis de glicose, e quando isso não é feito corretamente pode trazer sérias consequências.

As complicações

A diabetes afeta todo o organismo. Se não houver um acompanhamento adequado, as taxas de glicose no sangue podem aumentar o risco de complicações crônicas.
Essas complicações incluem:

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos em conjunto com a indústria farmacêutica, Novo Nordisk, revela que 10% dos brasileiros (cerca de 19 milhões de pessoas) correm sérios riscos de desenvolver a doença, se não mudarem seus hábitos de vida. 

Além disso, a Sociedade Brasileira de Diabetes desenvolveu uma pesquisa, “Diabetes: mude seus valores”, e chegaram à conclusão de que dentro desses 10% citados acima, aproximadamente 60% das pessoas não acreditam que estão em grupo de risco – o que é muito grave!   

A maioria dos brasileiros não acredita que mudanças no estilo de vida sejam eficazes.

A prevenção é o melhor remédio?

O paciente com diabetes deve sempre se atentar ao controle glicêmico, procurando deixar as taxas dentro dos valores de referência.

 Além disso, a prática regular de exercícios, alimentação equilibrada, uso de fitoterápicos específicos que ajudam no controle do açúcar no sangue e o controle de outros fatores de risco, como a hipertensão e altos níveis de colesterol ajudam na prevenção da doença.

“Saber como prevenir a diabetes inclui a adoção de um estilo de vida saudável com mudanças na alimentação, combate ao sedentarismo e boas noites de sono.”

(Renata Cândido – Endocrinologista)

Alimentação saudável.  Fonte da imagem: Google

Se acha um alvo fácil dessa doença? Segue abaixo uma lista com hábitos que te livram desse problemão:

A combinação que veio pra ficar

Pesquisadores do Centro de Biologia Molecular e Medicina Regenerativa, em Sevilha, descobriram uma combinação natural capaz de controlar e normalizar os níveis de açúcar no sangue.

 Testada com sucesso em culturas de células humanas, sua eficácia e segurança foram comprovadas nos testes clínicos.

Principalmente a base de Picolinato de cromo, Vitamina C, mix tocoferol,e outros a combinação dos elementos se mostrou favorável para redução das taxas de açúcar e gorduras presentes na corrente sanguínea dos diabéticos.

O que dizem os especialistas

Alimentação saudável.  Fonte da imagem: Google

  • “Estudos têm demonstrado que o cromo é eficaz no tratamento dos vários tipos de diabetes e é considerado um dos nutrientes menos tóxicos para o organismo.” (Jessica L Dantas Nutricionista, Pós Graduada em Nutrição Clínica – São Camilo – RJ Pós Graduanda Em Obesidade e Emagrecimento – UGF – RJ)
  • “Alguns estudos apontam que justamente por sua forte ação antioxidante,o mix tocoferol pode proporcionar benefícios como diminuir o risco de doenças do coração.”
    (Fonte: Institute of Medicine of The National Academies)

  • Um estudo australiano publicado na revista,Obesity and Metabolism, relata que pessoas com o Diabetes tipo 2 que ingeriram uma dose de vitamina C reduziram seus picos de glicose no sangue após as refeições em 36%

“Descobrimos que os participantes tiveram uma queda significativa de 36% no pico do açúcar no sangue após as refeições. Isso significou que eles gastaram quase três horas a menos por dia vivendo em um estado de hiperglicemia (nível alto de açúcar no sangue).  Está é uma notícia extremamente positiva, pois a hiperglicemia é um fator de risco para a doença em pessoas que vivem com Diabetes”. (Gleen Wadley- Professor associado que liderou o estudo) 

“Os participantes do estudo que tomaram vitamina C também apresentaram menor pressão arterial, revelaram os estudo”, acrescentou Wadley. (Fonte: Diabetes News – diabetes.co.uk -Por Jack Woodfield).

A solução do problema

A combinação denominada de Insulnat é a junção de 7 compostos naturais concentrados entre vitaminas e minerais que agem diretamente na corrente sanguínea, e nos órgãos responsáveis pelo controle do açúcar no sangue.

Essa junção é nutrida pelos compostos mais concentrados à base de cromo, vitamina C e Mix Tocoferol, e se mostraram muito eficazes no controle da doença. 

Segundo os especialistas este composto natural é destinado para os cuidados da Diabetes tipo 2, sendo capaz de agir no controle e reprogramação do organismo quando os níveis de açúcar no sangue estão elevados. 

Precisa de prescrição médica para fazer uso do Insulnat?

O Insulnat não é um medicamento, e sim um produto natural, por isso não precisa de prescrição médica.

Como tomar Insulnat?

A dosagem recomendada de Insulnat é de 2 cápsulas por dia.

Onde encontrar este suplemento?

O Insulnat é comercializado direto no site oficial do fabricante: www.insulnat.com porque além de garantir o desconto, você terá absoluta certeza de que vai comprar o produto ORIGINAL.

Os leitores do BlogCiência tem direito a um cupom de desconto exclusivo. Clique na imagem abaixo para obter o desconto exclusivo:

Políticas de Privacidade – Termos de Uso – CNPJ: 40.018.691/0001-75

2021 © Blog Ciência. Todos os direitos reservados